• Marcelo Pereira

Campos Harmônicos - parte 4 (Menor Melódico)

Atualizado: Jun 17


Campo Harmônico Menor Melódico

Hoje falaremos sobre o Campo Harmônico Menor Melódico o terceiro e último tipo dos campos harmônicos menores.

Posts relacionados:

Campo Harmônico Maior

Campo Harmônico Menor Natural

Campo Harmônico Menor Harmônico

O C.H. Menor Melódico é originado a partir das notas da Escala Menor Melódica.

É possível dizer que existem dois tipos de abordagem da Escala Menor Melódica, uma delas é uma abordagem usada na música erudita, onde a escala “sobe” (lembre-se, subir em música é ir do grave para o agudo) com as alterações e volta ou “desce” sem as alterações, como uma escala menor natural, “resolvendo” as tensões que surgiram

A nossa abordagem será com o uso da escala menor melódica na utilização da música popular, ou seja, “subindo” e “descendo” com a mesma escala, logo, com as alterações.

COMPARANDO AS ESCALAS

Vamos lembrar, a Escala Menor Natural era assim (modo Eólio, exemplo em Am):

A Escala Menor Harmônica se difere da Menor Natural quando adicionamos uma alteração no sétimo grau (#VII), ficando assim:

Na Escala Menor Melódica, é mantida a alteração no sétimo grau e acrescentado uma alteração no sexto grau (#VI e #VII), ficando assim:

Definida a escala começamos a montar os acordes do Campo Harmônico (Tônica, terça, quinta e sétima para todos os graus, lembra-se?)

Depois de montarmos todos os acordes, o Campo Harmônico Menor Melódico fica assim:

Se compararmos com o Campo Harmônico Menor Harmônico (é melhor aproveitá-lo, uma vez que já possui a alteração no sétimo grau), perceba que a alteração (no exemplo dado, o sexto grau é a nota Fá) corresponderá ao intervalo de sexta sobre o primeiro acorde, intervalo de quinta sobre o segundo acorde, intervalo de quarta sobre o terceiro acorde, etc. (veja o quadro abaixo)


E com a devida alteração do sexto grau (#VI) sobre os acordes, nos seus respectivos intervalos, temos então o Campo Harmônico Menor Melódico:


RESUMÃO

Vamos usar uma outra tonalidade (Cm - dó menor) e compararmos agora os três campos harmônicos, note que a regra é simples, se o intervalo alterado fizer parte do arpejo, o acorde também será alterado, se o intervalo alterado cair sobre uma tensão disponível, o acorde se manterá sem alteração :

Exercícios de fixação:

1. Construa o C.H.Menor Melódico em todos os tons (uma boa dica é usar o ciclo de quartas!).

2 .Toque todos os arpejos em todas as digitações que você conhecer.

3. Monte os acordes em todas as digitações que você conhecer.

A próxima etapa será falarmos sobre a aplicação dos Modos Gregos gerados sobre os C.H. Menor Harmônico e Melódico, até lá pratique bastante os arpejos. Abraços e bons estudos padawans!

#MenorMelódico #Campoharmônico #Harmonia

1,421 visualizações

MP

© 2014 Marcelo Pereira. Todos os direitos reservados. 

  • YouTube ícone social
  • Facebook Social Icon