• Marcelo Pereira

Cordas de Contrabaixo

Atualizado: Jun 17


Hoje vamos conhecer um pouco mais sobre as cordas do contrabaixo, os tipos, o material, a calibragem, etc... Som no baixo!

Geralmente as informações principais já aparecem com destaque nas embalagens, como no exemplo abaixo de um jogo de cordas da D'addario.

1 - Tipos de construção

Round Wound – A mais comum de ser encontrada, é uma textura tradicional que a maioria dos músicos estão mais acostumados e familiarizados.

Half Round – Tem um som similar ao flat wound mas com a flexibilidade e tensão de um round wound. Reduz o ruído provocado pelos dedos.

Flat Wound – Os “gomos” da corda são polidos. Sonoridade ultra suave, conhecida como “melow tone”.

2 - Liga de Metal

Aço – Brilhante e resistente à corrosão. É preferido por músicos de rock, metal e também por músicos de jazz. Versátil, tem um timbre mais suave se tocado com os dedos e oferece bastante brilho se tocado com palheta.

Aço niquelado – Padrão da indústria de cordas de baixo elétrico, bastante popular. Extremamente versátil para todos os estilos de música.

Aço banhado a cobre – Uma camada fina de cobre é banhada em aço altamente magnético. Combinação de timbre elétrico cintilante e ricos tons acústicos.

Níquel Puro - A liga de corda elétrica primária utilizada nos anos 50 e início dos anos 60. Suas propriedades magnéticas mais baixas fornecem um tom um pouco mais quente, preferido por muitos entusiastas do vintage.

Nylon – Nylon não condutível. Atua como um isolante para o núcleo magnético e sob enrolamentos criando um tom quente semelhante a um baixo acústico vertical. Um som clássico encontrado em muitas gravações lendárias dos anos 60.

Fonte: site da D’Addario Strings

3 - Calibre.

O calibre (ou espessura) é dado em polegadas (medida padrão norte-americana), 1 polegada equivale a 2,54 cm ou 25,4 mm. Os padrões principais de mercado são: 0,35 polegadas (8,89 mm), 0,40 polegadas (10,16 mm) e 0,45 (11,43 mm). A escolha do calibre das cordas leva em conta o tipo de música que você gosta e que irá tocar, eu uso cordas 0,40 polegadas, porque eu julgo ser a calibragem mais versátil, vai da Mpb ao rock.

O calibre geralmente é padronizado da corda G para as outras cordas, as cordas D, A e E (pensando em um baixo de quatro cordas) a calibragem pode variar.

Sempre que for mudar o calibre das suas cordas, procure um luthier de confiança para fazer a regulagem do seu instrumento, principalmente, se for trocar de um calibre mais leve para um calibre mais pesado, será necessário ajustar a “ação” do baixo (a altura das cordas em relação à escala) e talvez seja necessário também mexer no capotraste, cujas fendas foram cortadas em larguras específicas. Tem umas dicas legais no site da Elixir Strings.

4 - Comprimento da escala do baixo

Escala – É o comprimento da pestana (nut) até a ponte (bridge).

Long Scale (Escala longa) – 34” (86,3 cm), comum em baixos de 4 cordas. (Escala dos famosos modelos Precision e Jazz Bass da Fender).

Extra Long Scale (Escala longa extra) – 35” (89 cm), comum em baixo de 5 e 6 cordas.

Medium scale (Escala média) – 30” - 33” (76,2cm – 83,8cm) –

Short scale (Escala curta) – 30” (76,2 cm) ou menos, por exemplo o baixo Höfner 500/1 (o baixo do Paul McCartney no tempo dos Beatles) e os modelos SG da Gibson.

Sobre a corda Elixir: “Elixir Strings é a única marca de cordas a revestir a corda inteira com uma camada ultrafina, mantendo sujeira e detritos longe dos espaços entre os enrolamentos.” Este revestimento forma uma barreira entre o metal utilizado e o ambiente, ou suor de nossas mãos. (Extraído do site da Elixir Strings).

Informações adicionais:

Coated (Revestido), Treated (Tratado).

Agora é só escolher o tipo de cordas que você mais curtir. Até a próxima!

#Cordas #Encordamento #Calibre

860 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

MP

© 2014 Marcelo Pereira. Todos os direitos reservados. 

  • YouTube ícone social
  • Facebook Social Icon